• Gabriel Aguiar

Conheça o projeto do Polo Gastronômico da Sabiaguaba e veja o nosso posicionamento

Atualizado: 6 de out. de 2021



Diversas dúvidas surgem sobre os impactos positivos e negativos da obra, por conta do cuidado e carinho que todos nós temos com o território tradicional da Sabiaguaba, em especial por estar no Parque Estadual do Cocó, unidade de conservação de proteção integral.


Fizemos essa publicação para abrir o debate, considerando que a complexidade da questão não cabe em uma só publicação. Então é muito importante que continuemos a conversa aqui nos comentários e no meu perfil do Instagram (@gabrielbiologia).


Nosso mandato está acompanhando de perto essa obra, desde janeiro, e marcando colado nos diversos espaços dando a atenção que qualquer intervenção nesse território sagrado deve ter.


Destacamos que quase toda a área do empreendimento é território de uso tradicional da Comunidade da Boca da Barra da Sabiaguaba, reconhecido no Plano de Manejo do Parque do Cocó.


Deixe suas dúvidas e observações nos comentários e vamos conversar.


#GabrielPeloMeioAmbiente #FortalezaVerde


Siga nosso perfil nas redes sociais:

Instagram: @gabrielbiologia

Facebook: @gabrielaguiarbiologia

5 visualizações0 comentário